Resenha: assassinato no expresso do oriente

Eu nem me lembro quando foi a última vez que eu li um romance policial. Confesso que esse não é o meu gênero literário favorito, porque prefiro ler livros de romance ou livros clássicos. Mesmo assim, topei o desafio de participar de uma leitura coletiva com a @pensologotoconfuso no mês passado. Foi assim que eu conheci Assassinato no Expresso do Oriente, meu primeiro livro de Agatha Christie.

E que surpresa incrível foi esse livro! Agora eu entendo porque Agatha Christie tem tantos fãs e porque essa obra é tão famosa. Assassinato no Expresso do Oriente foi publicado pela primeira vez em 1934 e foi aclamado pela crítica literária na época. Afinal, sua narrativa é tão envolvente que essa obra continua popular mesmo após mais de 80 anos de sua publicação.

Eu li o e-book da Editora Lp&m, que apresenta 240 página e que conta com a tradução de Petrucia Finkler, profissional que também foi responsável por outras traduções de obras da Agatha Christie para essa editora.

Minha única ressalva com relação a essa edição é que eu senti falta de textos de apoio. Acredito que o livro poderia apresentar alguma nota contextualizando a obra ou falando um pouco sobre a vida da autora. Faço essa ressalva porque gosto muito desses textos adicionais e estou acostumada a encontrá-los nos livros da LP&M Pocket. Como não tive acesso a edições de outras editoras, não posso te indicar outra versão. Porém, a ausência dessas notas adicionais não me fez gostar menos da história. É só por uma questão de curiosidade mesmo.

Assassinato no Expresso do Oriente

Como o próprio título sugere, a história desse livro gira em torno de um crime, cometido dentro do Expresso do Oriente, que sai de Alepo, na Síria, com destino a Londres, na Inglaterra. E para explicar toda a trama que envolve esse assassinato, o livro é dividido em três partes.

Na Parte 1, você vai entender as circunstâncias que levaram Hercule Pairot a ingressar no Expresso do Oriente, conhecer os personagens que compõem a primeira classe desse trem, no qual o detetive também foi alocado, bem como acompanhar alguns acontecimentos bem estranhos que culminaram na morte de Rachett – um homem de índole duvidosa. Depois desse acontecimento, a pedido de Bouc, diretor da Wagon Lit, empresa responsável pelo trem, Hercule Pairot entra no caso e tenta solucionar esse mistério.

Apo´s ser responsabilizado pelo caso, Poirot recolhe os depoimentos de todos os passageiros da primeira classe do Expresso, uma vez que provavelmente o assassino estaria entre eles. E são esses depoimentos que você vai encontrar na parte 2, que é a mais extensa desse livro. Aproveito para alertar que, com essa leitura, você vai começar a imaginar vários possíveis suspeitos desse crime – o que eu acho um exercício bem interessante.

E, finalmente, na parte 3, Hercule Poirot reúne todas as provas, suas teorias e apresenta uma solução sobre o caso. Aliás, que final surpreendente! Nessa parte você tem pistas do verdadeiro criminoso, mas não tem nenhuma relação com o que, possivelmente, você tinha imaginado ao ler as partes anteriores.

No fim, o que tinha tudo para ser um crime perfeito, acaba se transformando num quebra-cabeça incrível, cheio de pistas inesperadas, coincidências estranhas e passageiros suspeitos que somente a mente brilhante de Poirot é capaz de solucionar.

A melhor parte dessa leitura é que todo o enredo é muito envolvente, o texto possui uma linguagem simples e prende o leitor do início ao fim da história. Simplesmente não dá vontade de largar o livro!

Leia esse livro!

Se você gosta de romance policial, não pode deixar de ler esse livro. Com certeza você não irá se arrepender! Vale lembrar que também existe uma adaptação cinematográfica recente dessa obra, que eu ainda não assisti, mas que eu já vi ótimos comentários. Você pode assistir ao trailer aqui.

CLIQUE AQUI para adquirir esse livro.

Transparência: Eu participo do programa de afiliados da Amazon. Por isso, ao adquirir qualquer produto utilizando o link disponível nessa postagem, você me ajuda a manter meu trabalho aqui na internet. Muito obrigada!

Publicado por

Curiosa, apaixonada por livros e completamente consciente de que ainda tem muito a aprender. Acredita que a educação e o trabalho não apenas libertam, mas também te fazem transbordar. E isso está ao alcance de todos.

5 thoughts on “Resenha: assassinato no expresso do oriente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s