Resenha: A metamorfose, de Franz Kafka

Conforme o cronograma do nosso Clube de Leitura 2020, nesse mês me dediquei a mergulhar nesse clássico da literatura mundial: o livro A metamorfose, de Franz Kafka.

Esse clássico foi publicado em 1915, sendo considerado uma das obras mais famosas desse autor. E esse sucesso tem um motivo: é impossível não se envolver com essa história de fantasia absurda e angustiante.

Eu li o e-book produzido pela Editora Melhoramentos e que está disponível no Kindle Unlimited, do qual sou assinante. Mas você também pode baixar um exemplar gratuito desse livro nesse link aqui ou escutar o audiobook gratuito através desse app da Amazon.

Além disso, nessa versão, o livro tem apenas 98 páginas, ou seja, se você tiver tempo, pode ler essa obra em um dia ou num fim de semana. Contudo, eu confesso que levei quase uma semana para ler, porque o livro tem uma história densa e eu queria ler e assimilar tudo com calma.

Enfim, vamos aos detalhes dessa leitura.

Leia também: 10 motivos para comprar um Kindle

Kindle com livro "A Metamorfose", de Franz Kafka.

A Metamorfose

Nessa obra Kafka nos apresenta a história de Gregor Samsa, um cacheiro-viajante que trabalhava muito para sustentar sua família, e que, num belo dia, simplesmente acorda na forma de um inseto monstruoso.

Não sabemos como ele se transformou nesse inseto. E pra te falar a verdade, nem Samsa parece se importar muito com isso. A única coisa que ele pensa é como vai chegar ao trabalho se ele nem consegue andar direito com suas perninhas de inseto. É assustadora a normalidade como ele encara a situação.

Vale lembrar que ele não gostava de seu trabalho, porque sentia falta de profundidade em seus relacionamentos, que não podiam ser levados adiante em função das muitas e breves viagens que precisava fazer. Gregor viveu durante tanto tempo no automático, que não conseguiu pensar em outra coisa se não no trabalho, quando se viu como inseto pela primeira vez.

Sua família fica atônita com o que aconteceu. Eles sabem que aquele inseto é Kafka e, por isso, ou por não saberem bem como agir, no princípio seus familiares tentam lidar com a situação.

Sua irmã mais nova é a pessoa que mais se dedica aos seus cuidados, se tornando responsável pela limpeza e pelo fornecimento de alimento (leia-se lixo) do inseto aprisionado, já que ele permanece fechado em seu quarto.

O pior de tudo é que Gregor ainda pensa como um humano, mas não consegue comunicar o que precisa, já que ele se tornou um inseto. É interessante ver que ele pensa na família com amor e sonha em proporcionar uma vida melhor a todos, mesmo nessas circunstâncias.

Em contrapartida, seus familiares apenas toleram a sua presença, mas com nojo e indiferença. Por isso, para mim, uma das partes mais interessantes da história é quando Samsa percebe que seus pais e sua irmã não só seguiram suas vidas, como também voltaram a trabalhar.

Antes, Gregor se matava no trabalho para pagar a dívida do pai e sustentar a família inteira, já que ninguém trabalhava. Porém, depois da sua transformação, de repente todo mundo conseguiu um emprego. Ou seja, ele não precisava ter se sacrificado tanto por eles, que se acomodaram com uma vida financiada por Samsa.

No fim, você percebe que Gregor sonha com a vida depois desse pesadelo e tenta encontrar um jeito de escapar e de ser um peso, uma presença desagradável, para sua família.

Para mim, o final foi emocionante! E pelo contexto, só posso afirmar que esse livro é sensacional! É uma leitura que te deixa muito angustiado com a situação de Gregor e chocado com a reação de sua família. ⠀⠀

Curiosidades

Para entender um pouco dessa mente fantástica do Franz Kafka, sugiro que você também leia um pouco de sua história para verificar que muito do que está em “A metamorfose” é baseada na vida do próprio autor, refletindo especialmente a relação que Kafka tinha com o próprio pai.

Aliás, ao ler o livro Carta ao Pai, que realmente é uma carta que Kafka havia escrito para seu pai, Hermann Kafka, você percebe que o conceito de metamorfose, a analogia com um inseto e a sensação de impotência de Gregor Sama diante de seu pai, estão diretamente relacionadas a relação problemática que havia entre o autor e seu pai na vida real.

E se você procura alguma adaptação cinematográfica desse livro, sugiro esse filme russo de 2002. O interessante dessa adaptação é que Gregor não se transforma literalmente num inseto, apenas começa a agir como um, o que, ao meu ver, torna a narrativa ainda mais assustadora, em função do comportamento de seus familiares.

Leia esse livro

Eu sei que a história desse livro parece muito estranha, a ponto de gerar reações enojadas em muitos leitores, que imaginam os piores insetos quando o autor descreve, com detalhes, a aparência de Gregor.

Mas não desista da leitura por causa disso.

Em “A metamorfose” Kafka consegue, através dessa história absurda, te fazer refletir sobre família, sobre relacionamentos e sobre como nos enxergamos e nos colocamos diante das situações. Por isso, eu acredito que todo mundo deveria ler esse livro.

Transparência: Eu participo do programa de afiliados da Amazon. Por isso, ao adquirir qualquer produto utilizando o link disponível nessa postagem, você me ajuda a manter meu trabalho aqui na internet. Muito obrigada!


Publicado por

Curiosa, apaixonada por livros e completamente consciente de que ainda tem muito a aprender. Acredita que a educação e o trabalho não apenas libertam, mas também te fazem transbordar. E isso está ao alcance de todos.

4 thoughts on “Resenha: A metamorfose, de Franz Kafka

  1. Ótima resenha! Esse livro me marcou bastante durante a minha adolescência. Na época lembro que a história me fez imaginar que era uma referência a pessoas que passam por problemas de saúde (ficar tetraplégico por exemplo) e têm que ficar aos cuidados da família. Não sabia do filme, vou conferir!

    Liked by 1 person

    1. Oi Jean! Muito obrigada pelo comentário 🙂 Não tinha pensado por esse lado da saúde, mas faz todo o sentindo também. Imagino que deve existir muita gente que enxerga familiares doentes como um peso. É triste. Espero que goste do filme 🙂

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s