Minha rotina de estudo de inglês

Eu tenho 26 anos e ainda não sou fluente em inglês. E pode ter certeza que eu já perdi oportunidades de trabalho por causa disso (Imagine uma pessoa com lágrimas nos olhos quando estiver lendo essa frase!).

E eu sei que a culpa é minha, porque não me dediquei, nem me interessei, quando a oportunidade e tempo disponíveis.

Mas hoje eu entendo que o conhecimento em inglês nos possibilita o acesso a um mundo que não existe traduzido para o português, tanto em termos de informação quanto em oportunidades de trabalho.

Por isso, agora estou focada em me dedicar mais ao estudo desse idioma. Já melhorei no ano passado, mas sei que ainda tenho MUITO o que aprender. Pensando nisso, e na minha necessidade de aprender novos assuntos, resolvi compartilhar minha rotina de estudo de inglês atualizada.

Mas antes de continuar, vamos ao meu pequeno histórico.

Leia também: Clube de leitura 2020

Minha rotina de estudo de inglês
Foto de Estée Janssens via Unsplash

Minha trajetória de aprendizado

Fiz o meu primeiro curso de inglês quando já tinha 20 anos. Quer dizer, eu acho que foi nessa época, porque não me lembro bem. Até então, meu conhecimento sobre o idioma se restringia ao que eu aprendi na escola e ao que eu aprendia com músicas.

Esse curso era gratuito e era oferecido na universidade onde estudei. Hoje eu vejo que não me dediquei como deveria, mas aprendi muita coisa, desde vocabulário até estrutura de frase.

Aliás, vale a pena buscar informações sobre cursos de idiomas oferecidos gratuitamente, ou com um mensalidade pequena, nas instituições públicas da sua cidade.

Também fiz as aulas gratuitas do BBC Learning English, o que também me ajudou bastante. Mas só fui fazer outro curso pago mesmo em 2018, porque não obtive uma boa nota na prova de inglês do mestrado. Consegui ingressar, mas tinha consciência que precisava melhorar nesse quesito.

Foi quando decidi, em 2018, me matricular no curso de inglês do Rhavi Carneiro, porque estava com dificuldade de estudar sozinha. Com esse curso aprendi muitas expressões idiomáticas, revisei toda a parte de construção de frases, aprendi a usar o Anki e tive aula com alguns professores nativos no Cambly.

Nessa época, meu objetivo era me tornar fluente, mas eu ainda não cheguei nesse nível, apesar de ter observado uma evolução importante no meu conhecimento sobre o idioma.

Perceba que já fiz alguns cursos, porém, acredito que por falta de dedicação mesmo, por não priorizar a aprendizado desse idioma, ainda preciso estudar bastante.

Atualmente, percebo que além de precisar ser fluente, eu também preciso aprender a escrever bons textos em inglês, também por uma questão de trabalho. E é por isso que minha rotina em 2020 vai focar na escrita.

Minha rotina de estudos de inglês
Foto de Thought Catalog via Unsplash.

Rotina de estudos de inglês 2020

Agora vamos a lista de atividades a qual me dedicarei, pelo menos, 5 vezes por semana em 2020. Lembrando que o meu nível de inglês é Intermediário, ok?

1- Assistir vídeos com legenda em inglês

Faço isso todos os dias. Sigo alguns youtubers gringos que falam sobre assuntos que eu gosto e assisto o vídeo com legenda em inglês. Já faço isso faz um tempinho, o que me ajudou muito a praticar o listening.

Não tenho o costume de assistir séries (me julgue!), mas já vi muita gente recomendar Friends e How I met your mother para treinar o listening também.

2- Ler textos em inglês

Para escrever bem, você precisa ler bastante, e esse conselho também serve para aprender inglês. E aqui as possibilidades de níveis de leitura e assunto também são gigantes. Você certamente vai encontrar algo interessante para ler.

Geralmente, eu faço meu estudo bíblico em inglês, utilizando o app Holy Bible. Além disso, leio textos publicado no Medium, onde também divulgo os textos desse blog, e artigos de jornais estrangeiros. Em breve, pretendo adicionar os livros em inglês nessa lista.

3- Escrever em inglês

Nessa etapa eu faço 2 atividades. A primeira é traduzir textos para o inglês. Escolhi o livro da Vida organizada para realizar essa tarefa. Todos os dias traduzo um parágrafo e tento fazer isso sem consultar o dicionário, apenas quando não me lembro mesmo da frase.

Eu sei que, certamente, a tradução não será das melhores, mas é uma forma de me forçar a pensar e escrever em inglês.

A segunda atividade é manter um diário, eu faço semanalmente, em inglês, o que acaba sendo uma outra oportunidade de treinar a escrita. Lembrando que eu já tenho noção de estruturas gramáticas e de frases, o que me ajuda nesse quesito.

4- Falar em inglês

Confesso que aqui ainda tenho dificuldade. O que faço atualmente é exercitar minha memória e fala utilizando o Anki, que pratico todos os dias. Além disso, sempre leio os textos que escrevo em inglês em voz alta. Cantar ou repetir textos em inglês também ajuda.

Assim que possível, pretendo voltar a fazer aulas usando o Cambly, porque gostei muito da experiência e sei que isso vai me ajudar a perder o medo de falar com gringos.

Materiais de apoio

Além dos links citados anteriormente, também resolvi indicar aqui alguns materiais e canais que tem me ajudado nessa jornada de aprendizado.

Materiais que pretendo comprar

E aqui está a lista de materiais que pretendo adquirir esse ano, para implementar minha rotina de estudo de inglês. Ou seja, isso aqui é basicamente uma lista de desejos.

À medida que eu adquirir esses materiais e cursos, deixarei minhas impressões sobre eles por aqui.

Últimas considerações

Resolvi compartilhar minha experiência para que você utilize como exemplo e crie sua própria rotina de estudos, adaptada ao seu nível de conhecimento.

Eu realmente acredito que tem muito material bom disponível gratuitamente na internet, e muitos livros e materiais de apoio, que podem nos ajudar nesse processo de aprendizado. A questão é ter DEDICAÇÃO e DISCIPLINA para estudar, duas atitudes que me faltaram nesses últimos anos.

Mas continuo lutando para aprender e espero continuar melhorando nos próximos meses. E espero que você também consiga.

Publicado por

Curiosa, apaixonada por livros e completamente consciente de que ainda tem muito a aprender. Acredita que a educação e o trabalho não apenas libertam, mas também te fazem transbordar. E isso está ao alcance de todos.

9 thoughts on “Minha rotina de estudo de inglês

    1. Oi Nicole! Olha, eu não li muitos livros em inglês, por isso não citei essas obras no post. No momento estou lendo o Wizard of Oz, ou O mágico de Oz, e estou conseguindo entender a história. Acredito que, se você estiver começando, o ideal é você ler esse tipo de livro, curto e fácil de compreender. Pode até ser livro infantil mesmo, como O pequeno príncipe.

      (Aliás, se você for iniciante, recomendo que você confira esse post aqui https://www.todaylead.com/livros-em-ingles-para-iniciantes/)

      Você também pode tentar ler um livro em inglês que você já leu em português, porque você já conhece a história e isso facilita o entendimento. Veja que não existe um livro específico, porque tudo depende do seu nível de inglês e do seu gosto pessoal por livros, se você prefere romance, fantasia etc.

      Assim que eu puder vou publicar um artigo com indicações mais específicas, mas espero ter conseguido te ajudar!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s