Você está preparado para a 4ª Revolução Industrial?

No ano passado assisti um vídeo do Cristian Barbosa que me marcou muito. O vídeo se chama Tendências do mercado: Como será o mercado do futuro, no qual Cristian conta um pouco sobre as novidades apresentadas durante o WebSummit 2018, um evento que mostra as tendências em setores como inovação e tecnologia. Fiquei tão preocupada e fascinada sobre esse assunto que, desde então, venho tentando acompanhar o noticiário, mesmo que de forma tímida, sobre as perspectivas de mudanças no mercado de trabalho em função do desenvolvimento da inteligência artificial. E acredite: essa mudança será tão profunda que já está sendo chamada de 4ª Revolução Industrial.

Mas o que é essa tal de 4ª Revolução Industrial?

A 4ª Revolução Indústrial, também conhecida como Indústria 4.0, foi cunhada pelo fundador e diretor do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab, que também é autor do livro A Quarta Revolução Industrial. Essa revolução deve ser caracterizada pelo encontro entre as tecnologias digitais, físicas e biológicas, de modo que se essa convergência realmente atender as previsões, terá impacto na forma no estilo de vida, no trabalho e nos relacionamentos. E esse impacto se dará não apenas em razão do desenvolvimento de indústrias inteligentes, mas também em função do desenvolvimento de tecnologias como a internet das coisas e a inteligência artificial.

Para você ter uma ideia do impacto dessa 4ª Revolução Industrial, a CEO e presidente da IBM, Ginni Rometty, já adiantou que tais mudanças devem atuar como um dos maiores desafios profissionais da nova geração. Isso tudo nos próximos 5 a 10 anos! Veja bem, essa transformação já está batendo na porta e já se reflete nos empregos do setor de tecnologia. Nos Estados Unidos, por exemplo, já foi constatado que faltam profissionais qualificados para preencherem 500 mil vagas no setor.

Como o Brasil fica nessa história?

Você está preparado para a 4ª Revolução Industrial?
Photo by MD Duran on Unsplash

Como você deve imaginar, não muito bem. Apesar da existência de demanda e de crescimento do setor de tecnologia no país, ainda temos que lidar com um problema básico: educação de má qualidade.

De acordo com a última edição (2018) do Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf), apenas 12% dos adultos no Brasil apresentam nível proficiente de alfabetização, ou seja, são capazes de elaborar textos complexos, de interpretar tabelas e gráficos com mais de duas variáveis e de resolver situações problemas relacionadas as diversas etapas de planejamento, controle e elaboração. Quer um dado ainda mais assustador? Apenas 34% das pessoas com nível superior estão nesse nível. Foi isso mesmo que você leu. Perceba que os jovens estão saindo das universidade ainda com problemas na alfabetização.

Depois de ler isso você se questiona: como vamos lidar com as inovações tecnológicas que estão por vir, que demandam um nível de conhecimento específico e a habilidade de resolver problemas e criar projetos, se ainda enfrentamos problemas na educação básica e superior?

Não se engane. A má qualidade de ensino e grande de profissionais que não possuem uma boa formação, impactam negativamente todos os setores da economia, não apenas o de tecnologia. Em função dessa lacuna educacional e das demandas tecnológicas, muitas empresas já estão preparando qualificando os próprios funcionários. Porém, mesmo com essa iniciativa, é difícil suprir toda a necessidade de profissionais qualificados.

E como eu posso me preparar para essas mudanças do mercado?

Você está preparado para a 4ª Revolução Industrial?
Photo by Nick Morrison on Unsplash

Acredito que a primeira resposta para essa pergunta é ESTUDAR. Depois dos resultados do Inaf, acredito que é urgente investirmos na nossa educação básica. E não estou falando apenas da formação técnica, profissional. PRECISAMOS VOLTAR PARA A BASE, cada um de nós, como indivíduos cientes das nossas deficiências educacionais. É preciso investir, em primeiro lugar, no estudo de literatura, gramática e interpretação de texto. Sem essa tríade, certamente será difícil se aprofundar em qualquer assunto.

Aliás, investir no domínio do conhecimento de matérias básicas foi um dos conselhos do Cristian, naquele vídeo sobre o qual comentei no início desse texto. Afinal, se você domina conhecimentos básicos, como estatística e matemática, você vai conseguir se adaptar as novidades que surgirem em termos de tecnologia e demanda de mercado. Certamente você terá que estudar, porém, dominando o básico, o complexo se torna mais fácil de alcançar. Mas lembrando: como você vai entender raciocínio lógico, por exemplo, se você ainda tem dificuldade de interpretar um enunciado? Pense nisso.

Bem, além de estudar, acredito que é fundamental acompanhar as notícias e ficar atento às mudanças que estão acontecendo no mundo. Apesar de não sabermos realmente se essa 4ª Revolução Industrial ocorrerá de maneira tão rápida quanto o previsto, especialmente no Brasil, é importante estar ciente sobre os seus desdobramentos no mercado de trabalho. Até porque não dá para se adaptar a algo que você não sabe que está acontecendo. E é triste saber que MUITA GENTE não tem ideia dessa revolução que está por vir (talvez nem mesmo os nossos gestores públicos).

Então resumindo: investir em educação (especialmente a básica) e acompanhar as mudanças. Só assim teremos chances de nos adaptarmos a tempo às mudanças promovidas por essa Revolução.

Publicado por

Curiosa, apaixonada por livros e completamente consciente de que ainda tem muito a aprender. Acredita que a educação e o trabalho não apenas libertam, mas também te fazem transbordar. E isso está ao alcance de todos.

4 thoughts on “Você está preparado para a 4ª Revolução Industrial?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s