Como definir seus objetivos de vida?

Terminei de ler o livro Vida Organizada, da Thais Godinho. Ela também é a autora responsável pelo blog de mesmo nome, que acompanho há anos.

Como admiro muito seu trabalho e percebi que preciso colocar minha vida nos eixos, resolvi ler esse livro para pegar as dicas de organização e aprender a me organizar de verdade.

Thais também escreve muito sobre esse assunto no seu blog, mas o livro traz uma sequência lógica de organização e uma série de exercícios práticos que, eu acredito, tornam o entendimento do assunto mais fácil.

Baseada nessa leitura, hoje nós vamos conversar sobre a definição dos objetivos de vida. Achei esse tema legal porque sempre tive dificuldade em estabelecer objetivos, provavelmente porque sou muito indecisa.

Como acredito que existem muitas pessoas como eu, perdidas, resolvi dividir esse conteúdo com você.

Então vamos lá!

Photo by JESHOOTS.COM on Unsplash

Resumidamente, Thais diferencia os objetivos de longo prazo, de médio prazo e de curto prazo.

1- Objetivos de Longo Prazo

Os objetivos de longo prazo são aqueles que você deseja alcançar daqui a 20, 30, 40 anos. Por exemplo, ter estabilidade financeira.

2- Objetivos de Médio Prazo.

Já os objetivos de médio prazo são aqueles previstos para serem concretizados daqui a 5 cinco anos. Vale lembrar que é importante que esses objetivos estejam alinhados a seus objetivos a longo prazo. Por exemplo, abrir uma empresa pode ser meio objetivo daqui a cinco anos, sendo que atuar como empreendedora vai contribuir no meu grande objetivo de alcançar minha estabilidade financeira.

3- Objetivos de curto prazo

Por fim, os objetivos de curto prazo são aqueles previstos para acontecer em até 2 anos e devem estar relacionados aos objetivos anteriores. Por exemplo: começar a vender doces caseiros e investir num curso de confeitaria podem me ajudar a, futuramente, investir na minha própria empresa de doces.

O mesmo raciocínio deve ser aplicado no estabelecimento de objetivos de vida relacionados a outras áreas. O importante é sempre pensar em como as minhas ações hoje influenciam na realização dos meus objetivos, o que vai te ajudar a não perder tempo com aquilo que, no fim das contas, não é interessante para você.

Não se desespere

E tem mais uma coisa: não precisa se desesperar e seguir sua lista de objetivos como uma bula de remédio. Como a autora do livro explica bem, sua lista de objetivos de vida não precisa ser rígida, até porque conforme amadurecemos alguns objetivos podem deixar de fazer sentido. Por isso, a recomendação é que você sempre revisite seus objetivos, nem que seja uma vez por mês, tanto para verificar se eles continuam sendo coerentes com o que você deseja, quanto para se lembrar se suas ações estão realmente alinhadas com eles.

Eu já fiz minha pequena lista de objetivos de vida baseados nesse ensinamento e agora deixo o convite para que você faça a sua também.

Para adquirir o livro Vida Organizada, clique aqui.

Publicado por

Curiosa, apaixonada por livros e completamente consciente de que ainda tem muito a aprender. Acredita que a educação e o trabalho não apenas libertam, mas também te fazem transbordar. E isso está ao alcance de todos.

4 thoughts on “Como definir seus objetivos de vida?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s